Pam viajando

DESCOBRINDO MONTREAL!

Então no post de hoje quero falar um pouquinho de uma das cidades lindas que conheci e é a 2ª maior cidade do país: Montreal!

Viajar é sempre uma experiência muito incrível e que nos desperta vários sentimentos. Às vezes nos identificamos de cara com um lugar e outras vezes achamos que não tem nada a ver coma gente. Assim como vocês já perceberam que o Pedro tem uma paixão pela Austrália, eu tenho o meu crush – nada discreto também – pelo Canadá, e posso dizer que foi amor ao primeiro embarque! Já morei lá alguns meses e conheci algumas cidades, o que foi suficiente para eu querer voltar! Então no post de hoje quero falar um pouquinho de uma das cidades lindas que conheci e é a 2ª maior cidade do país: Montreal!

Eu já escrevi um post bem legal, falando um pouco de outra cidade super charmosa do Canadá, Quebec – se você não leu, clique aqui! Tanto Montreal quanto Quebec ficam na região francesa do Canadá, mas se vocês não falam francês não precisam se preocupar, porque os moradores da cidade são bilíngue e eles trocam do francês para o inglês com uma facilidade absurda! Situada a aproximadamente 540 km ao norte de Toronto, essa cidade metropolitana é a mais populosa da província de Quebec e já foi o centro industrial e financeiro do país.

Os turistas que visitam Montreal ficam encantados em como toda a história que influenciou o ambiente urbano e moldou a identidade da cidade. A riqueza de cultura e das diversas opções de lazer – principalmente no verão – são um dos muitos atrativos da cidade. São várias opções de museus, shows e concertos ao longo do ano, além de diversos eventos como o GP de Fórmula 1 e festivais como o famoso Montreal International Jazz Festival, que acontece há mais de três décadas. Já no inverno, a patinação toma conta da cidade, e não se preocupem pois a cidade também é preparada com uma espécie de cidade subterrânea que conecta lojas e metrôs.

Mas caso queriam encaixar a cidade no seu roteiro, e mesmo que seja uma visita não muito longa, listei aqui em baixo alguns dos principais pontos turísticos da região de Old Montreal para vocês conhecerem, se encantarem e ficarem com aquele gostinho de “Precisamos voltar!”. Não sei vocês, mas esses lugares cheio de história são tão repletos de informações e ao mesmo tempo charmosos, não sei explicar, só sei que amo!!

– Vieux-Montréal / Old Montreal

O centro histórico da cidade é conhecido como Vieux-Montreal ou Old Montreal. Essa é a região mais antiga da cidade aonde a história está presente em todas as esquinas. As construções antigas permanecem muito bem preservadas, sendo hoje muitas delas galerias de arte, lojas, cafés ou instituições do governo. A arquitetura é umas coisas que chamam muito a atenção, pela riqueza de detalhes. É uma delícia passear por esse bairro charmoso, e ainda se deparar com algumas vielas estreitas feitas ainda de pedra. Essa região tem uma atmosfera muito europeia… e uma curiosidade é que por conta disso, o local é utilizado como sets de filmagens, por ser mais acessíveis que na Europa de fato. Ao sul dessa região, vocês podem se deparar com o famoso Rio São Lourenço.

Dica: Se vocês gostam de conhecer um pouco mais da história do local de onde estão visitando, recomendo então tirarem um tempinho para conhecer o Centro de História de Montreal. Apesar de ser um centro de história, o local conta a história da cidade de uma forma bem dinâmica. As apresentações de imagem e toda multimídia utilizada contam todos os detalhes e acontecimentos da cidade de uma forma interessante. Além de sempre ter exposições, inclusive o de fotografia da cidade que acontece todos os anos.

Endereço: 335 Place d’Youville, Montreal
Aberto de Quartas a Domingo, das 10h-17h | Entrada: CAD $ 8

Place d’Armes

Originalmente construída no final do século XVII, a Place d’Armes – que está situada na parte da Old Montreal – tornou-se um dos endereços mais famosos da cidade. É muito legal reparar nas construções antigas e nas mais novas juntas, contando parte de uma história que começou há tanto tempo. Pela região vocês vão encontrar a famosa Basílica de Notre-Dame (sem dúvidas um local que merece ser visitado, e vou falar mais aqui abaixo); no centro da praça a estátua de Paul de Chomedey, o fundador de Montreal; e lado norte da praça fica o Banco de Montreal, que foi fundado em 1817, é a instituição bancária mais antiga do Canadá.

Dica: Nas proximidades da praça, bem ao lado da basílica, fica o edifício Seminário Saint-Sulpice. Certamente um dos locais históricos mais preciosos por sua história, arquitetura e principalmente por conta da sua idade! Essa construção ficou pronta em 1687 e é o prédio mais antigo de Montreal ainda em uso, com certeza merece nossa admiração. Seguindo a tradição monástica, perto do seminário foi construído um jardim com toda aquela geometria da época da Renascença Francesa, um tesouro escondido na Old Montreal.

Endereço: 116, Rue Notre-Dame Ouest, Montreal
Visita guiada | Entrada: CAD $ 16

– Basílica de Notre-Dame

A Basílica de Notre-Dame, que fica localizada na Place d’Ares, é sem dúvidas um local que merece ser visitado, independente se você é religioso ou não. E é uma das igrejas mais visitadas do país! Ela possui construção Gótica, mas nem sempre foi do jeito que ela é hoje. Primeiramente, era uma pequena capela ao estilo barroco, e com o passar do tempo tornou-se muito pequena, iniciando-se então a construção da igreja como é hoje. Ao entrar é impossível não ficar encantado com toda a riqueza de detalhes mas o que rouba a cena mesmo é a perfeição do altar, toda em dourado com azul! Para entrar é preciso comprar um ingresso (CAD $ 10), mas vale muito a pena!

Dica: Uma novidade que vocês não podem perder é o novo espetáculo incrível de luzes, chamado de Aura (por muito tempo foi o Et La Lumièr Fut). Primeiro vocês podem explorar tranquilamente a basílica, as instalações de multimídia espalhadas por lá e se conectar com toda beleza e paz do local. Depois, na hora agendada, começa a experiência incrível do show de luzes, no centro da igreja, acompanhado por uma orquestra. O espetáculo dura cerca de 20 minutos, e os ingressos podem ser comprados e escolhidos os horários direto no site (esse espetáculo é comprado a parte do ingresso de visita).

Endereço: 110 Notre-Dame St W, Montreal
Aberto de Segunda a Sábado, das 8h as 16:30h | Domingos, da 12h as 16h

Rue Saint Paul

Com certeza uma das ruas mais famosas e animadas da cidade. Essa rua que passa por praticamente toda Old Montreal, possui ao longo de seu caminho edifícios lindos do século XIX acompanhado das ruas de paralelepípedo, que dão um charme a parte! Antes alguns locais eram usados como armazéns e hoje foram reformados e são utilizados por lojas de artesanatos, lojas de designers locais, galerias de artes, cafés, oficinas de arte e até mesmo se tornaram residências. Agora se gosta de um ambiente mais animado, a noite há diversas opções de bares com músicas ou clubes de jazz.

dica: - Bateu a fome durante o passeio? Dá uma passadinha na Délices Érable et Cie, um lojinha junto com um café, que tem os seus produtos e preparações a base de maple syrup (aquela espécie de mel tradicional do Canadá!). Um ótimo lugar, também, para comprar aqueles presentinhos típicos da região.

Dica: Bateu a fome durante o passeio? Dá uma passadinha na Délices Érable et Cie, um lojinha junto com um café, que tem os seus produtos e preparações a base de maple syrup (aquela espécie de mel tradicional do Canadá!).

Um ótimo lugar, também, para comprar aqueles presentinhos típicos da região.

Endereço: 84 Rue Saint-Paul, Montreal.
Aberto todos os dias das 10h as 23h.

Place Jacques Cartier

Seguindo o passeio pela região da Old Montreal, não poderia faltar a Place Jacques Cartier! Uma linda praça para passear e descansar. De lá já dá ver a vista do Old Port (vou falar mais aqui abaixo dessa região). Mas se quiser há algumas opções de cafés e restaurantes, além daquelas lojinhas de presentes! Antigamente era uma região usada como mercado, e hoje está repleta de artistas, artesãos, pintores de retratos e músicos… por isso aproveite para curtir pelo menos uma das performances que acontecem o dia todo.

dica: - Pertinho da praça têm dois pontos turísticos que valem pelo menos passar em frente. Uma delas é o Hôtel de Ville, que é prefeitura da cidade, uma construção simplesmente maravilhosa. Não sei se hoje ainda é possível visitar por dentro, mas por fora a riqueza de detalhes são impressionantes (a noite a sua iluminação a deixa mais linda!). Outro ponto é o Château Ramezay – que fica na frente – e foi o primeiro edifício a ser chamado de patrimônio histórico da cidade.

Dica

Pertinho da praça têm dois pontos turísticos que valem pelo menos passar em frente. Uma delas é o Hôtel de Ville, que é prefeitura da cidade, uma construção simplesmente maravilhosa. Não sei se hoje ainda é possível visitar por dentro, mas por fora a riqueza de detalhes são impressionantes (a noite a sua iluminação a deixa mais linda!). Outro ponto é o Château Ramezay – que fica na frente – e foi o primeiro edifício a ser chamado de patrimônio histórico da cidade.

Endereço: Hôtel de Ville: 275 Notre-Dame St. East, Montreal
Endereço: Château Ramezay: 280 Notre-Dame St. East, Montreal.
Aberto Todos os dias das 10 as 16:30h

Vieux-Port / Old Port

A região do Old Port de Montreal é, sem dúvidas, um bom lugar para relaxar e aproveitar seu dia. Recomendo alugar uma bicicleta ou segway para explorar a região. No verão há muitos festivais, eventos ao ar livre e shows. No inverno têm lugares para patinar. Se der fome, opções de restaurantes, bistrôs e cafés é o que não faltam. Com uma arquitetura moderna mas preservando os traços da história, certamente lá você vai encontrar algo para fazer. Quer ver como vai mesmo? Além de tudo que falei aqui em cima ainda dá até passear de barco pelo Rio São Lourenço, curtir a praia Plage de L’Horloge – fica aberta apenas no verão e é cobrada uma entrada de CAD $ 2 -, visitar o famoso Centro de Ciências ou ir na Grande Roue de Montréal, a roda gigante de observação. Dá para dizer que é ou não uma visita obrigatória?

dica: - Dê uma passadinha no Marché Bonsecours, um mercado que fica em um dos dez edifícios históricos mais bonitos do Canadá, em frente ao Old Port. Construído em 1847, hoje abriga lojas de artesanato, cafés e lembracinhas. Seus restaurantes e seus terraços ficam abertos durante o verão, oferecendo preparações com produtos locais.

DICA

Dê uma passadinha no Marché Bonsecours, um mercado que fica em um dos dez edifícios históricos mais bonitos do Canadá, em frente ao Old Port. Construído em 1847, hoje abriga lojas de artesanato, cafés e lembracinhas. Seus restaurantes e seus terraços ficam abertos durante o verão, oferecendo preparações com produtos locais.

Endereço: 350 St Paul St E, Montreal
Aberto todos os dias das 10h as 18h

Espero que tenham curtido as minhas dicas, esses são algum dos lugares que conheci, mas pode apostar que tem muito mais para ver! Até mais!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: