Pam viajando

VISITANDO QUEBEC.

Acho que alguns de vocês já ouviram falar da cidade Quebec. Mas se não conhecem, pensem em uma cidade charmosíssima, um lugar cheio de história e que merece ser visitado, com certeza, quando se vem ao Canadá.

VISITANDO Quebec.

Acho que alguns de vocês já ouviram falar de uma cidade chamada Quebec. Mas se não ouviram, pensem em uma cidade charmosíssima, um lugar cheio de história e que merece ser visitado, com certeza, quando se vem ao Canadá. A cidade de Quebec ou Ville du Québec, como é chamada por lá, é a capital da província de Quebec e uma das principais e mais famosas cidades da parte francesa do Canadá. É realmente um lugar encantador e não se parece com nenhum outro lugar aqui da América. Há diversas dicas de passeios e roteiros que você acha pela internet, mas nesse post vou contar os lugares que eu amei conhecer e recomendo para vocês!


Jeff Frenette PhotographyJeff Frenette Photography
UM POUQUINHO DE quebec…

A cidade de Quebec é considerada uma das principais da região francesa do Canadá. Sendo uma das poucas cidades muradas das Américas, eles tem o francês como a primeira língua, então prepare-se para ouvir muito e ver por toda parte informações em francês, já que o idioma é usado pela maior parte da população. Mas não se preocupe, o inglês é a segunda língua oficial e a maioria da população é bilíngue.

Com um inverno bem rigoroso, a paisagem muda completamente em cada estação. Mas não dá para falar qual é a melhor, pois todas as estações têm suas belezas e charmes distintos. A cidade é cheia de história com suas ruas de pedras super limpas e arborizadas (no verão as flores enfeitam a cidade toda, puro chame!). Tem ainda muitas igrejas históricas, galerias de artes, cafés e restaurantes bem charmosos… como não se apaixonar?

https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Com uma mistura de tradição e traços de colonização preservados pela população ainda é possível notar muita modernidade em Quebec. A cidade conta com a multiculturalidade dos imigrantes, o que faz com que toda sua beleza única esteja na rota turística e a torna parte de uma experiência imperdível!

#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_82588 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid { margin-right: -20px; }
#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_82588 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid-slide .margin-wrapper { margin-right: 20px; margin-bottom: 20px; }

Por lá existem algumas regiões super interessantes para se conhecer como:

– Fortificações e muros: o Portal Porte St-Louis, a fortaleza La Citadelle, e a região murada com mais de 4km de muros que cercam a parte alta da cidade antiga;

– Cidade Antiga ou Vieux-Québec: dividida entre parte Alta (Haute Ville) e Baixa (Basse Ville);

– Região do Rio St. Lawrence e região do Velho Porto ou Old Port.

Se você só vai passar um dia na cidade, aproveite o dia para ficar imerso em história e arquitetura, uma combinação que é o forte e torna a cidade única em toda região.

CHEGANDO EM QUEBEC…

Comece o passeio por fora das fortificações, a cidade antes de chegar na parte antiga também tem seu charme. Passe pela Rue St. Jean que é uma boa opção de passeio para comer algo e fazer umas comprinhas ou a Rue Grande Allée, uma das ruas principais, que é bem movimentada durante o dia e principalmente a noite com seus bares e restaurantes que ficam abertos até tarde.

Perto dos muros e do portal da Cidade Antiga fica o Hôtel do Parlament, sede do legislativo da província. O local é aberto ao público para visitação (mais informações aqui) e os detalhes da sua construção são heranças francesas, assim como seus jardins ornamentados e a linda Fontaine de Tourny, a fonte logo na frente que fazem deste ponto turístico uma parada obrigatória.

#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_103640 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid { margin-right: -20px; }
#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_103640 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid-slide .margin-wrapper { margin-right: 20px; margin-bottom: 20px; }

Fortificações…

Como eu havia dito antes, a cidade de Quebec é uma das poucas cidades muradas das Américas, e isso faz parte dos históricos de batalhas travadas para a conquista desse território. O Porte St-Louis é um portal que separa a cidade antiga da parte nova, e em 1985, a Unesco o tombou como Patrimônio da Humanidade. Os muros têm mais de 4km e o mais legal de tudo é que o você consegue caminhar por toda a sua extensão, e consequentemente, conhecer a parte da Cidade Antiga quase que por completo.

Nesse caminho você pode visitar a região da La Citadelle, uma fortaleza construída no século XVI, e um dos maiores fortes britânicos na América do Norte. É possível fazer a visitação guiada pelas instalações ou ver uma das principais atrações no verão, que é a Troca de Guarda, que acontece sempre as 10hs e conta com a mascote Batisse – uma cabra que foi presente da Rainha Elisabeth II . (mais informações aqui). E ali na frente fica o Plaines d’Abraham, também conhecido como Battlefield Park, o parque é o destino ideal para quem quer curtir a natureza, desfrutar de um delicioso piquenique, andar de bicicleta, ou simplesmente relaxar no gramado.

#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_113075 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid { margin-right: -20px; }
#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_113075 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid-slide .margin-wrapper { margin-right: 20px; margin-bottom: 20px; }

Olivier Lavigne-Ortiz, Jeff Frenette Photography, Audet Photo


//ad.lomadee.com/banners/script.js?sourceId=36279684&dimension=8&height=250&width=250&method=1&advertisers=6430,6245,6354,6356,6271

conhecendo a cidade antiga…

A região da Cidade Antiga ou Vieux-Québec , é sem dúvida uma das partes mais encantadores! Mas antes de descer para a parte baixa, explore a parte alta. É lá que fica Château Frontenac, (de 1893) um hotel realmente majestoso que faz você viajar para o passado por conta da riqueza de sua arquitetura. Dizem que é um dos hotéis mais fotografados do mundo, e além de tudo, dá para fazer um visita guiada para conhecer um pouco mais dos detalhes e sua história (mais informações aqui). A título de curiosidade, dizem que foi nesse hotel que as potências aliadas se reuniram secretamente, em 1944, para planejar a invasão que pôs fim à Segunda Guerra Mundial.

https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Na frente do hotel você pode andar pelo Terrase Dufferin, um calçadão com uma vista linda, inclusive do Rio St Lawrence. É um local onde artistas de rua exibem os seus talentos, num clima de cidadezinha francesa cercada por pequenos cafés, bares, restaurantes e lojinhas. Há outros lugares nessa parte alta que você pode visitar, como Notre Dame du Québec, uma das igrejas mais antigas do Canadá (de 1647), com um interior lindo e todo dourado, e no teto uma pintura que impressiona logo quando se entra. Vale muito a pena conhecê-la!

#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_157536 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid { margin-right: -20px; }
#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_157536 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid-slide .margin-wrapper { margin-right: 20px; margin-bottom: 20px; }

Depois de se perder pelas ruas, visitado cada lugarzinho, vá descendo para a parte baixa da cidade antiga – que confesso que foi a parte que eu mais me apaixonei! Você pode subir ou descer pela escadaria Casse-Cou, uma escadaria construída em 1635, que conecta as duas partes, ou uma espécie de elevador chamado de Funicular. Se atente aos horários de funcionamento, pois tenho certeza que não vai querer subir de volta a pé (mais informações aqui).

Chegando na parte baixa, vá conhecer o Place Royale, o marco zero da cidade. O lugar é realmente lindo e muito diferente de tudo que já conheci… parece uma praça no centro de uma vilinha. Não tem como não ficar admirando a arquitetura, os painéis pintados a mão e a encantadora igreja de Notre-Dame-des-Victoires. Entre e visite, há uma pequena lojinha que vende medalhinhas (ainda tenho a minha na carteira!). Ande pela região, é incrivelmente lindo! E ali perto fica o famoso Quartier Petit Champlain, um calçadão repleto de mais lojinhas, restaurantes, cafés e muita galeria de arte. No inverno fica especialmente charmosa por conta da sua iluminação e neve.

#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_149525 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid { margin-right: -20px; }
#block-yui_3_17_2_1_1572970595715_149525 .sqs-gallery-block-grid .sqs-gallery-design-grid-slide .margin-wrapper { margin-right: 20px; margin-bottom: 20px; }

https://pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Chegando na região do Rio St. Lawrence

O Rio St. Lawrence, que percorre boa parte da cidade, foi uma região bem importante da cidade, pois era lá aonde aconteciam atividades de pesca, portuárias e de navegação. Durante o século XIX, o Porto Velho ou Old Port de Quebec foi um dos portos mais movimentados da América do Norte. Centenas de navios foram construídos ali, e madeiras foram recebidas, armazenadas e enviadas para a Europa. Hoje, a marinha e os seus arredores são uma atração turística popular, onde você pode ver prédios antigos e cheios de histórias, caminhar pelo calçadão ao longo do rio, jantar em restaurantes deliciosos ou experimentar produtos frescos no famoso mercado, o le Marché du Vieux-Port – com produtos dos produtores locais. Super recomendo a visita!

Se quiser saber um pouco mais da história, procure ao centro de informações do Porto Velho de Quebec. Esse espaço de exposições tem apresentações audiovisuais, atividades práticas e atores vestidos em trajes de época. Por essa região tem o Museu Naval com exposições sobre a história naval do rio e modelos de antigos navios e coleções de artefatos marinhos.


Jeff Frenette PhotographyJeff Frenette Photography

Jeff Frenette Photography

Espero que tenham gostado de saber um pouquinho mais de Quebec e das atrações de lá. Escrevendo esse post eu já estou doida para voltar para lá. E vocês, ficaram com vontade de conhecer? Comentem aqui! Até mais!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: