Editor's Picks viajando

A IMPONENTE OPERA HOUSE DE SYDNEY.

No post de hoje vamos te levar para conhecer e falar um pouquinho sobre a imponente Opera House de Sydney, algumas dicas e sugestões.

Quando eu falar uma palavra quero que vocês pensem na primeira coisa que vier na cabeça de vocês, combinado? Vamos lá: Austrália! Tenho certeza que muitos disseram CANGURU! Acho que eu também disse, não tem como… são fofinhos demais gente! Mas e agora: Arquitetura na Austrália! Ficou fácil né … e é isso mesmo, no post de hoje vamos te levar para conhecer a imponente Opera House de Sydney, contar um pouquinho de como é por dentro, algumas dicas e sugestões. E não vai ter como poupar elogios… ela é realmente tudo isso e muito mais que aparece nas fotos.

UM POUQUINHO DA HISTÓRIA.

Em 1957 o governo de New South Wale, região onde se localiza Sydney, resolveu fazer um concurso entre arquitetos do mundo inteiro para construir um prédio que tivesse um design inovador em um ponto estratégico da cidade. O arquiteto dinamarquês Jørn Utzon foi quem acabou projetando e idealizando essa construção. Ele queria que a cobertura (aquelas partes brancas que vemos) fizessem referência às velas de barcos, com linhas modernas e arrojadas, e que pudessem serem vistas independente do ângulo: seja do mar, quanto da terra ou do ar.

Uma curiosidade é que o arquiteto não viu o seu projeto concluído e nunca entrou na Opera House finalizada. Ele abandonou a obra em 1966, depois de desavenças com outros responsáveis da construção desse projeto. Como era bastante complexa, a obra levou anos para ser finalizada, e só foi inaugurado em 1973.

AMOR À PRIMEIRA VISTA.

Com a sua arquitetura icônica, a Opera House nos faz ficar apaixonados assim que a vemos pela primeira vez! A vista é maravilhosa e de tirar o fôlego. Naquela escadaria, logo na entrada, você tem uma espetacular vista para a Baía de Sydney e a incrível Harbour Bridge. É aí nesses pontos turísticos que acontece a famosa queima de fogos do ano novo. A região é cheia de bares, restaurantes, lojinhas. Uma combinação perfeita da agitação da cidade e de uma bela vista de um cartão-postal de respeito, com o relaxante movimento das águas, dos pássaros e barcos passando a todo momento. A Opera House foi projetada para ser realmente impactante e hoje ela é considerada uma das mais marcantes e mais fantásticas construções do século XX e, desde 2007, está na lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO.

TOURS E EXPERIÊNCIAS.

Existem algumas formas de aproveitar as experiências que a Opera House tem a te oferecer. Há restaurantes, bares, espetáculos, concertos… e aquela vista perfeita. Vamos dar algumas sugestões e opções de passeios para conhecê-la da melhor forma que puder:

A) É só uma passadinha rápida? Então curta e admire a vista, olhe cada detalhe. A Opera House é realmente gigante, muito mais do que aparece nas fotos. Subas os degraus que dão acesso à entrada, e acredite, lá dá um fotão! Aproveite e admire a Harbour Brigde, é encantadora, ou observe o movimento das pessoas, dos barcos e balsas. Depois dê uma voltinha na lateral da Opera House… e quer uma dica? Há diversos bancos para sentar e relaxar, aposto que os famosos seal gulls (sabe aqueles pássaros que aparecem no filme Procurando Nemo?) irão te fazer companhia. Apesar de ser um local super turístico e lotado de pessoas, é uma tranquilidade admirar a vista.

B) Agora, se você tem um tempinho a mais, presta atenção nas dicas ótimas que daremos. Com, pelo menos, duas ou três horinhas você pode aproveitar e visitar por dentro da Opera House. Há algumas opções de tour para fazer:

1) The Sydney Opera House Tour: é o passeio básico, guiado, com acesso às áreas comuns e às plateias dos teatros.

2) The Backstage Tour: que além do básico, passa por trás dos palcos, salas de apresentação e áreas restritas, explicando cada detalhe cênico como iluminação e acústica.

3) The Tour and Tasting Plate: que além do tour básico, você escolhe uma refeição no restaurante Opera Kitchen, com vista para a baía.

4) The Tour and Dine: após o tour você aproveita uma refeição no mais famoso dos bares de lá, o Opera Bar.

Durante a visitação, um guia te acompanha do começo ao fim (a duração é de aproximadamente 1h), e ele vai explicando absolutamente todos os detalhes da construção, das salas de espetáculo e algumas curiosidades, além de dar aquela dica dos melhores lugares para se tirar as fotos. E uma coisa legal é que o tour é feito com fones de ouvido, que são entregues logo na entrada. É importante chegar com antecedência, pois as visitas são agendadas de hora em hora, e tente não levar muita coisa pois não são permitidas a entrada com mochilas e objetos grandes… o guarda volumes é bem pequeno.

C) Conseguiu reservar um período inteiro do seu dia para visitar? Então além do tour, aproveite para comer em um dos restaurantes que tem por lá, super recomendamos o Opera Bar, ele fica embaixo da Opera House e, apesar de ser um pouco caro, vale muito sentir a experiência, já que o lugar é cheio de aussies (como são chamados os australianos) super bem arrumados e talvez um pouco bêbados (sim, eles sempre acabam bebendo muito). Além da experiência, da comida, bebida e toda a atmosfera que só o Opera Bar tem, você ainda tem a vista que é absolutamente incrível!

Uma outra dica: existe um tour chamado Taste of the Opera House. Essa é uma verdadeira experiência gastronômica, passando pelo Opera Bar, Opera Kitchen, Portside e terminando no Bennelong Restaurant. Depois dessa saborosa experiência, veja quais são as apresentações que estão disponíveis. Ao longo do ano ficam em cartaz na Opera House diversas apresentações desde ballet, orquestra sinfônica, companhias de teatro, shows, concertos, performance de música clássica… enfim, para todos os gostos!

ESPETACULAR POR FORA, MELHOR AINDA POR DENTRO.

Quando fomos fazer a visita, escolhemos o The Sydney Opera House Tour. Encontramos nosso guia na entrada, recebemos nossos fones e seguimos com o grupo para a visita. Ao entrar já podemos observar toda a estrutura por dentro, os revestimentos internos em madeira e as escadas com carpetes em roxo (que é a cor da família real britânica). Se você é arquiteto ou ama artes, ficará encantado. Praticamente todos os lados há janelas enormes de vidro, das quais é possível admirar a baía, a ponte e tudo ao redor.

No decorrer da visitação o guia nos leva para conhecer algumas salas de espetáculo, que podem variar de acordo com os ensaios das apresentações que estão em cartaz. Quando os palcos estão montados não se pode tirar fotos, pois como há cenários já a mostra, eles normalmente são protegidos por direitos de imagens. As salas de apresentação que fomos visitar foram:

Playhouse – um espaço menor destinado a receber apresentações de stand-up comedy, teatros adolescentes e experiências teatrais experimentais.

Concert Hall, a maior sala de apresentação de lá. Uma curiosidade é que nesse auditório abriga o Sydney Grand Organ, o maior órgão mecânico do mundo, com dez mil tubos!

Joan Sutherland Theatre, a segunda maior sala de espetáculos e local onde acontecem principalmente as apresentações de ballet.

Forecourt, a área aberta e externa da Opera House que já foi palco de inúmeros shows, festivais e apresentações internacionais.

Depois de aproximadamente 1 hora de tour, fomos para a lojinha de lembrancinhas e presentes, e vale dizer, tem muita coisa super bacana por lá. Eles tem um programa que apoiam os artistas, criativos e artesãos locais, para venderem lá seus produtos desenvolvidos e inspirados na Austrália e na Opera House.

A região da baía de Sydney, apesar de ser bem turística e o coração de Sydney, é incrível! Tem muita coisa para conhecer, reserve no mínimo um dia inteiro para desfrutar tudo: Circular Quay, The Rocks, Royal Botanic Gardens, e recomendo atravessar ou andar pela ponte da Harbour Brigde, a vista é única. Se quiserem podemos dar mais dicas em outro post sobre o que fazer nessa região, deixem mensagens aqui nos comentários! Até mais!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: